Share |

BLOCO DE OLHÃO DISTRIBUI PROGRAMA CONCELHIO PARA AS AUTÁRQUICAS

UMA EQUIPA DE CONFIANÇA!

PROGRAMA CONCELHIO DO BE – AUTÁRQUICAS 2017

“AS NOSSAS PRIORIDADES/PROPOSTAS”

 

1.      MAIS QUALIDADE DE VIDA E JUSTIÇA SOCIAL

 

·         Diminuir os encargos fiscais e tarifários (baixa do IMI, participação variável do IRS e baixa das tarifas da água, saneamento e resíduos sólidos);

·         Implementar uma política de habitação que disponibilize casas para famílias jovens e com baixos rendimentos quer por venda, quer por arrendamento;

·         Criar espaços de lazer e de convívio e incentivar práticas de inclusão social nos bairros sociais da cidade e áreas residenciais das outras freguesias do concelho;

·         Combater a exclusão social através de parcerias e redes com instituições e associações locais (associações de jovens; escolas; clubes de recreio e desporto; organismos especializados na área) e com projetos participados e dinâmicos;

·         Incentivar práticas de envelhecimento ativo em todo o concelho (encontros de convívio e troca de saberes entre gerações; constituição de equipas multidisciplinares que promovam atividades físicas e psíquicas);

·         Implementar uma política de gestão cultural descentralizada e promotora dos valores locais, extensiva a todo o concelho (revitalização da Feira de S. Miguel, da decoração e animação das ruas e dos mastros, nos Santos Populares; apoio às iniciativas culturais autónomas dinamizadas pelos diferentes agentes culturais do concelho; resolução de situações pendentes relacionadas com a classificação de edifícios de significado histórico local e elaboração de novas propostas; criação de uma rede de núcleos museológicos e de painéis informativos sobre os principais monumentos e sítios históricos do concelho; alargamento desta rede aos museus particulares, com apoio ao seu regular funcionamento; integração das vilas e aldeias do concelho nos circuitos históricos e nos roteiros turísticos);

·         Criar alguns equipamentos sociais de que a Cidade há muito precisa (Parque de Feiras e Exposições; Parque de estacionamento na zona poente; alargamento da ciclovia; espaço adequado para a realização de cerimónias fúnebres, quer para crentes das diversas religiões, quer para não crentes);

·         Implementar medidas destinadas a garantir a acessibilidade dos cidadãos com problemas de mobilidade (rampas nos passeios; nivelamento dos pisos das ruas; informação sonora e em braille);

·         Criar regulamento de protecção dos animais em parceria com as associações do setor;

·         Cooperar na educação, saúde e segurança (parcerias em projetos pedagógicos e em prevenção primária/apoio domiciliário; parcerias na disponibilização de recursos para arranjos e equipamentos; investimento nos serviços de bombeiros; apoio ao policiamento de proximidade).

 

 

2.      MAIOR TRANSPARÊNCIA NA GESTÃO PÚBLICA

 

·         Promover uma auditoria externa às contas da autarquia e empresas municipais com o apuramento das devidas responsabilidades;

·         Reorganizar a gestão da Ambiolhão e extinguir as outras empresas municipais com transferência das suas competências para os serviços camarários;

·         Incentivar a participação de cidadania nos destinos do concelho;

·         Elaborar regulamentos que definam regras claras na atribuição de subsídios às instituições sociais e colectividades;

·         Avaliar o cumprimento das principais leis de enquadramento da gestão municipal (Prot-Algarve, PDM, Plano de Ordenamento da Orla Costeira, Plano de Ordenamento do Parque Natural da Ria Formosa) e zelar pela participação nas decisões relacionadas com projetos enquadrados nos contratos de gestão com a DocaPesca;

·         Lutar contra o recurso sistemático ao trabalho precário na Câmara e nas empresas municipais;

·         Lutar pelo cumprimento dos regulamentos da Câmara e da Assembleia Municipal (redacção objectiva e publicação atempada das atas; inclusão na ordem do dia das propostas apresentadas nos prazos legais).

 

 

3.      MELHOR ECONOMIA NUM AMBIENTE SAUDÁVEL

 

·         Promover uma requalificação e revitalização das zonas histórica e ribeirinha que respeite o Ambiente, o Património e a Economia Local e, simultaneamente, incentive a fixação das populações residentes (apoio aos proprietários na requalificação das suas casas, desde que para habitação própria; candidaturas a fundos comunitários para reabilitação urbana; animação e dinamização da Rua do Comércio; recuperação/requalificação dos jardins mantendo as funções tradicionais; defesa dos mercados e da respetiva acessibilidade);

·         Defender a riqueza ambiental da Ria Formosa, das pescas e das atividades tradicionais a ela ligadas (combate à poluição da Ria através da melhoria do funcionamento das ETAR’s e da utilização das águas residuais para rega; reparação das situações ilegais relacionadas com o escoamento de águas pluviais e de esgotos e da descarga destes para a Ria);

·         Lutar pela preservação da costa marítima e dos pesqueiros tradicionais (moderação na prática da aquacultura; rejeição da exploração de gás de xisto e de petróleo; dragagens nas barras naturais; incentivo à utilização de malhas geotêxteis na luta contra a erosão costeira);

·         Promover a criação de redes comerciais diretas de produtos locais (pesca artesanal; agricultura tradicional; artesanato);

·         Defender uma política de turismo sustentável, amigo do Ambiente e das Identidades Culturais Locais (aposta no turismo cultural, ambiental e de alojamento local em vez do turismo de marina e de hotel de caráter massificado);

·         Continuar a lutar pelo reconhecimento legal dos núcleos populacionais das ilhas barreira, impedindo a expansão da construção para além dessas áreas.

 

 

CANDIDATOS À CÂMARA MUNICIPAL

 

1.      IVO MADEIRA (professor aposentado, licenciado em Economia)

2.      LEÓNIA NORTE (advogada)

3.      SÓNIA CHARNECA (advogada)

4.      ROGÉRIO NETO (professor, licenciado em Sociologia)

5.      MARIANELA MATA MOIROS (técnica oficial de contas)

6.      DAVID BERRUECO (representante turístico)

7.      SÍLVIA SOUSA (técnica comercial, licenciada em Biologia Marinha)

8.      FERNANDO FERREIRA (reformado)

9.      AMÉLIA NETO (professora, licenciada em História)

10.  JOÃO DA MARTA (empresário do setor turístico)

 

 

CANDIDATOS À ASSEMBLEIA MUNICIPAL

 

1.      MÓNICA NETO (advogada)

2.      MARCO MATOS (professor, licenciado em Biologia e formador de esgrima)

3.      HELGA VIEGAS (advogada)

4.      SÉRGIO MIGUEL (formador)

5.      GILDA GIL (assistente de tráfego aeroportuário)

6.      MARCOS QUITÉRIO (técnico comercial)

7.      VITALINA GONÇALVES (comerciante)

8.      ALCIDES VIEGAS (técnico de perfuração petróleo)

9.      VERÓNICA MOREIRA (advogada)

10.  JOÃO NASCIMENTO (operador de assistência em escala reformado)

11.  BRUNA RICO (professora, licenciada em Ciências Físico-Químicas)

12.  CARLOS SILVESTRE (maquinista da CP)

13.  ELISABETE INÁCIO (reformada JAE)

14.  JUVENAL BRÁS (pagador de banca)

15.  CATARINA VIEGAS (estilista-costureira)

16.  JOSÉ FIALHO (professor, artes visuais e multimédia)

17.  CELINA PEREIRA (professora, francês)

18.  DANIEL BONANÇA (empregado de bar)

19.  MÓNICA CHARNECA (estudante)

20.  JOSÉ CALDEIRA (director de segurança)

21.  CATARINA CALÇAS (estudante)

22.  HELDER RAMINHOS (técnico de elevadores)

23.  MARIA MARGARIDA CAMÕES (professora aposentada de educação física)

24.  NUNO GRANJA (distribuidor de tabacos e bebidas)

25.  ROSSANA SEBASTIÃO (técnica de apoio à infância)

26.  MIGUEL GRANJA (prestador de serviços)

27.  ANA REY (tripulante de ambulância de transporte)

28.  MARIA INÊS ÍNDIAS (assistente técnica, sector da saúde)

29.  ALCINDO NORTE (comerciante)

 

 

 

VOTA BLOCO DE ESQUERDA!

 

UMA EQUIPA DE CONFIANÇA SEMPRE POR OLHÃO

 

A FORÇA DO BLOCO FAZ A DIFERENÇA!