Share |

LADO A LADO NO PARLAMENTO EUROPEU: BE DUPLICA VOTAÇÃO NACIONAL E SOBE PARA SEGUNDA FORÇA EM OLHÃO

marisa matias e josé gusmão - campanha eleitoral parlamento europeu

A mensagem do Bloco por uma Europa mais justa, das pessoas e para as pessoas (mais solidariedade, qualidade de vida, justiça social e paz), teve eco junto dos eleitores, apesar de infelizmente se continuarem a registar fortes índices de abstenção. A todos e todas que se identificaram com a postura e propósito da candidatura do BE, que reconheceram o trabalho árduo e competente e a necessidade da sua continuidade no combate contra as alterações climáticas, pela defesa dos serviços públicos, pela defesa do emprego com direitos e complementar denúncia das promiscuidades entre o poder político e as elites económico-financeiras (offshores, evasão fiscal, indústria do armamento, ideologia liberal da prepotência do mercado e da minimização do papel do Estado no desenvolvimento), o nosso OBRIGADO! Continuamos juntos a luta por uma sociedade mais igual e justa!!!

 

Marisa Matias e José Gusmão são os deputados eleitos pelo Bloco de Esquerda no Parlamento Europeu.

Marisa Matias

Natural de Alcouce, em Coimbra, Marisa Matias tem 42 anos. É doutorada em sociologia pela Universidade de Coimbra, tendo sido investigadora do Centro de Estudos Sociais desta universidade. É da Comissão Política do Bloco de Esquerda. Exerceu dois mandatos no Parlamento Europeu, ao longo dos quais se destacou pelo excelente trabalho desenvolvido.

Entre muitas outras iniciativas, foi relatora da diretiva que previne a entrada de medicamentos falsificados na cadeia legal de distribuição, relatora da estratégia europeia de combate ao Alzheimer e a outras demências, integrou e co-presidiu ao grupo de trabalho europeu para a Diabetes. Na presente legislatura, foi coordenadora da Comissão de Assuntos Económicos e Monetários (ECON) e integra também a Comissão da Indústria, da Investigação e da Energia (ITRE). Foi Vice-Presidente das Comissões Especiais sobre as Decisões Fiscais Antecipadas e Outras Medidas de Natureza ou Efeitos Similares (TAXE I e TAXE II), constituída na sequência dos escândalos luxleaks e swissleaks. É Presidente do intergrupo dos Bens Comuns e da Delegação para as Relações com os Países do Maxereque (Líbano, Egipto, Síria e Jordânia), no âmbito da qual presidiu a todas as delegações oficiais das visitas parlamentares ao Líbano, à Jordânia e ao Egipto. Presidiu a Missão da União Europeia de observação das eleições nas Honduras.

José Gusmão

José Guilherme Gusmão é natural de Lisboa e tem 42 anos. Integrou a direção da Associação dos Estudantes do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) em Lisboa, onde se licenciou em economia. Foi assistente de investigação no Centro de Investigação Sobre Economia Portuguesa (afeto ao ISEG), no âmbito do “Inquérito sobre Utilização de Propriedade Industrial em Portugal” e investigador no Dinâmia – Centro de Estudos sobre Mudança Socio-Económica (afeto ao ISCTE), no âmbito do projeto europeu “A dimensão normativa da acção económica”. É, há vários anos, um dos autores do blogue sobre economia "Ladrões de Bicicletas" sendo co-autor dos livros "A crise, a troika e as alternativas urgentes" e "Economia com Todos". Enquanto ativista, participou na ATTAC Portugal, Fórum Social Português, Fórum Manifesto, Iniciativa para uma Auditoria Cidadã à Dívida e Congresso Democrático das Alternativas. Foi militante do PCP. Mais tarde, aderiu ao Bloco de Esquerda. Foi deputado à Assembleia da República na XI Legislatura, tendo sido Vice-Presidente da Comissão de Orçamento e Finanças. Trabalhou entre 2011 e 2018, como assistente no Parlamento Europeu, com Miguel Portas e Marisa Matias. Integra a Comissão Política do Bloco de Esquerda

 

Perto de eleger o terceiro deputado (Sérgio Aires, sociólogo, natural do Porto), o Bloco de Esquerda obteve 9,8% dos votos a nível nacional, destacando-se os resultados obtidos em Coimbra e no Algarve (respectivamente 13% e 12,9%). De salientar que no Algarve a lista encabeçada por Marisa Matias foi a segunda mais votada nos concelhos de Portimão, Lagos e Olhão.

 

Em relação ao concelho de Olhão, de onde é natural e residente uma das candidatas na lista do Bloco (Helga Viegas, advogada), os resultados foram os seguintes:

- concelho de Olhão: 14,75% - 1362 votos (segundo lugar)

- freguesia de Olhão: 13,97% - 396 votos (segundo lugar)

- freguesia de Quelfes: 15,75% - 548 votos (segundo lugar)

- freguesia de Pechão: 15,69% - 129 votos (segundo lugar)

- união de freguesias Moncarapacho/Fuzeta: 13,78% - 289 votos (terceiro lugar)